Atenção Homens: Feminismo não é sobre os homens

Esse texto sensacional foi postado na comunidade do Facebook sobre ativismo digital em prol da luta pelo fim da violência contra a mulher.

Machismo – Limitação Masculina

A maior parte dos homens que comentam em blogs feministas argumentam que sentem-se oprimidos e ofendidos, que nem todos os homens são tarados-estupradores-machistas-agressores-homicidas. Também dizem que tudo o que as feministas querem é instalar uma ditadura das mulheres e, dessa forma, colocar em prática sua vingança maléfica. Pura critividade masculina.

Ocorre que nós homens nascemos e fomos criados em uma sociedade machista. E nossa masculinidade é fragil bagarai (isso é sério, por isso homens não demonstram carinho uns pelos outros. Um simples beijo no rosto acabaria com a nossa masculinidade). O discurso feminista, articulado e cheio de exemplos, coloca todo nosso mundo másculo em pedaços. O processo de aceitação é complexo. Tudo aquilo que acreditávamos ser normal (por pura conveniência, claro) passa a ser a coisa mais terrível do mundo. A primeira reação é a negação. Depois vem a vergonha. Em seguida passamos a nos defender (sem muitos argumentos sólidos, óbviamente). Depois vem a raiva e então descambamos para o ataque ao movimento feminista e todas as suas bandeiras. Homens, acreditem-me, nada mais patético.

Entendam uma coisa: o feminismo não é sobre os homens. Simples assim… Agora, recolha seu ego despedaçado e aceite: O feminismo é sobre as mulheres e como elas reagem em uma sociedade controlada por homens.

Mulheres sempre estiveram as márgens da história da humanidade, e acredite, não é culpa delas. O feminismo é um movimento (por favor, queridas, corrijam-me se eu estiver errado) que serve para que as mulheres reafirmem sua identidade de gênero em uma sociedade que vê a mulher como enfeite.

Aceitem também que, não é o feminismo que oprime os homens, é o machismo. É o machismo que é o problema e não o feminismo. A construção que exige de nós uma atitude de macho-alfa é a mesma que exige que as mulheres assumam seu papel de coadjuvantes em nossa história. É o machismo que afirma que homens tem que ser machos, másculos, fortes, garanhões inseminadores, que devem trepar por horas a fio sem cansar. É o machismo que sufoca a sexualidade, ditando o que devemos ou não fazer na cama ou com quem (e com quant@s) devemos nos deitar. Repito, é o machismo que oprime a todos nós. A estrutura patriarcal da sociedade fode a vida de todo mundo (seja lá qual for seu gênero ou orientação sexual). Portanto, queridos homens, a nós, cabe o papel de ouvir o que elas tem a dizer. O feminismo não quer homens submissos. O feminismo luta pelo fim do machismo (esse mesmo, que nasce conosco e que é tão natural que nem percebemos) e quer o fim das diferenças entre gêneros. Quer que todos sejam respeitados por serem humanos.

Portanto, caro macho, antes de agredir o movimento feminista, entenda que você está atacando o inimigo errado. Nós homens devíamos lutar contra o machismo. Esse é o assunto que diz respeito a nós e é ele que deveríamos estar discutindo e não a validade dos argumentos feministas. Antes de olhar para elas e dizer que elas estão erradas, devíamos olhar para nós e avaliar o nosso comportamento. Avaliar como nos comportamos em relação as mulheres. Comece aos poucos, avaliando como se comporta com sua mãe, com suas irmãs. Observe se elas recebem o mesmo tratamento que você ou se tem as mesmas vantagens. Depois comece a observar como você tratou suas últimas namoradas. Como você trata as mulheres desconhecidas. O machismo é uma doença social, não individual. Sentir-se oprimido pela sociedade, cara, não é vergonhoso e se você não começar a reconhecer seus privilégios por ser homem, pouca coisa vai mudar, pra você, para as mulheres, para os gays.

As feministas tem muito a nos ensinar, meu velho. Não banque o macho estúpido (e eu sei que é estupidez porque eu já fui assim) repetindo os clichês que elas estão cansadas de ouvir. Se você não se enquadra no perfil que elas denunciam o tempo todo e se incomoda com o que elas dizem, o problema não está nelas, está em nós. Mas ao fazer isso, assuma uma postura menos arrogante.

Admita suas falhas, sua ignorância sobre o assunto e eu não conheço nenhuma feminista que vá perder as estribeiras com você.

Evite também dizer que o feminismo não faz mais sentido de ser, essa é a pior coisa a se fazer. Mulheres são mortas todos os dias por conta do machismo e isso não é uma brincadeira. Ainda culpamos as vítimas de estupro pelo próprio estupro. Ainda dizemos às mulheres violentadas que elas se comportaram mal e mereceram isto. Ainda tratamos nossas irmãs e mães como se fossem nossas empregadas. Ainda AJUDAMOS as nossas companheiras nas tarefas domésticas. Ainda tratamos homossexualidade como desvio de conduta.

Lembre-se sempre, nós não somos oprimidos pelo feminismo, cara. É o machismo que fode com tudo. E o machismo, goste você ou não, é um problema masculino.

 

Link original aqui – texto de Thiago Beleza

2 pensamentos sobre “Atenção Homens: Feminismo não é sobre os homens

  1. Este tipo de testo sempre é importante para garotos que estão começando seus estudos sobre feminismo. Acho que todos eles passam por uma ‘crise ‘ dessas: ‘Não sou machista!’, ‘Me excluem porque sou homem’, ‘algumas feministas são muito radicais’…

  2. Oi Jux,
    Vim te conhecer e dei de cara com este post fantástico! Também vou seguir as indicações que me passou. Eu não sou, de forma alguma, contrária ao que está escrito aqui, à luta feminina. Óbvio que não, sou mulher! E mulher no Brasil, que ainda acha que homem tem que comer todas, que mulher pode ser fruta, e todos estes etc.
    Adorei seu comentário, perfeito! Você mostrou sua posição sem me agredir ou ofender. Obrigada! E gostei muito de ter vindo aqui e lido o que li, ainda mais escrito por um homem.
    Vou te acompanhar mais de perto e aprender um pouco mais sobre o outro lado da questão. Adoro esta soma de visões e experiências.
    Um beijo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: