quase ficção n. 3

 

sexta nublada
sexta de garoa
sexta sem graça…

exceto pelo abraço…

indiferente aos passantes, ele a envolveu nos braços…
esquecida dos passante, ela, entregue e frágil, deixou lágrimas tocarem lhe o ombro…
antes fôsse um abraço de “boa viagem”… “te vejo domingo”…

ambos desnudos de receios, medos ou orgulho, ela e ele…

seres passavam repletos de indiferença…
seres íam e vinham, cheios de inércia… apatia…

e o abraço sem fim…

ele a beijou no rosto repetidamente, querendo convencer a si mesmo de que aquilo era o melhor a ser feito…
passou as mãos nos longos cabelos dela…
beijou o pescoço… beijou os ombros…
esqueceu-se do universo ao fechar os olhos e mergulhar no perfume das madeixas desejadas…

ela… frágil… entregue… nada fazia… nada dizia… deixava-se amar…

deixava-se amar pela última vez…

2 pensamentos sobre “quase ficção n. 3

  1. oi…OLha, fiquei feliz em te receber..eu estava pensndo em deletar o blog e o site, por que foi atacado de forma propositada, por sacanagem mesemo.Mas, eu nao quis saber quem foi..Eu poderia ter surpresas.
    Sim, estou me arrumando apra ir a Africa, mas, nervosa, até dizer basta…Pois vou voar muito dentro da Africa…bjs e dias felizes

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: