uma noite qualquer, um ódio novo…

e um ódio ganhou nome e forma, numa noite gelada, perdida numa ilha qualquer, banhada por um oceano qualquer…

ÓDIO

com todas as forças, que tentam expulsar aquilo que atormenta a alma e o estômago que foi envenenado…

ÓDIO

malditos filmes de um lugar chamado Hollyocaralho… merdas de filmes que, feito tantas formas de idéia, colam na mente e no coração… mais naquela no que neste… e enchem casas de fantasmas… enchem dias e noites com fantasmas malditos…

medos que ganham forma, trilha sonora… ganham nome e sobrenome… e ganham romances impossíveis, que só acontecem nos filmes malditos… mas que povoam os dias com medos e inseguranças…

à morte princesas e princípes dos filmes encantados… que vivam somente homens e mulheres, de verdade em seus erros e acertos… nada do enquadramento maldito, da luz mágica que faz qualquer criatura-personagem se tornar a mais incrível, linda, charmosa, sedutora, povoando os pensamentos em fantasias loucas… tornando as pessoas reais tão imperfeitas que elas se perdem em seus medos diante da perfeição palhaçamente inalcançável…

e algumas noites trazem frio, chuva e alguns medos…

(…)

a parte anterior desse post foi escrito há um bom par de dias… e olhem que manchete fofa HOJE no Yahoo! (cliquem na manchete para link da notícia)

Comédias românticas afetam amor na vida real, diz pesquisa

SYDNEY, 21 de julho (Reuters Life!) – Comédias românticas podem oferecer 90 minutos de diversão descontraída, mas os filmes com finais felizes podem também ter um impacto sobre a vida amorosa real das pessoas, indicou uma pesquisa australiana.

PUBLICIDADE

Uma pesquisa realizada com mil australianos descobriu que quase metade considerava que comédias românticas, com seus inevitáveis finais felizes, haviam arruinado sua visão de um relacionamento ideal.

Um em cada quatro entrevistados disse que agora seus parceiros esperam que saibam o que estão pensando. Um em cada cinco entrevistados disse que os filmes fizeram seus parceiros esperarem presentes e flores.

“Parece que nosso amor por comédias românticas está nos tornando uma nação de ‘viciados em finais felizes’. No entanto, a sensação calorosa e aconchegante que eles causam pode influenciar negativamente a visão de nossos relacionamentos na vida real”, disse a conselheira australianas em relacionamentos Gabrielle Morrissey.

“Relacionamentos de verdade exigem trabalho e amor verdadeiro exige mais do que fogos de artifício.”

A pesquisa foi divulgada pela Warner Home Video junto com o lançamento do filme “Idas e Vindas do Amor” em DVD

(Reportagem de Pauline Askin)

(…)

como dizia eu, o post foi rascunhado há 5500 dias… tipo, previsão total! Acho que tá na hora de começar a prever os números da Mega Sena, só pra variar =D

** photos by neighbors: poetryfeelings.wordpress.com and jameswoodward.wordpress.com

2 pensamentos sobre “uma noite qualquer, um ódio novo…

  1. Putz… tava aqui lembrando da minha primeira namorada, com quem passei quase 6 anos… muitas vezes a gente acabava brigando porque ela esperava algumas coisas de mim que só se vê em filmes. Eu tentei explicar que eu não sou o Richard Gere, e eu sentia que ela ficava frustrada. Naquela época eu já sentia que a porra dos filmes fofos estavam minando meu relacionamento. Bom, nós terminamos o namoro e vivemos felizes para sempre… separados!🙂

  2. as pessoas não são tão indefesas assim. ver televisão é uma escolha. ver comédias românticas é uma escolha. apesar de eu não assistir a televisão e ver poucas comédias românticas, seria um ato pouco democrático de minha parte, se eu tivesse o poder, obrigar as pessoas a lerem mais e a adquirirem senso crítico. ocorre que as pessoas realmente querem se jogar nas cordas, deixar que a televisão as divirta, sem que se faça necessário um pensamento sequer. this is our world.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: